Detectar a causa da queda do cabelo é fator determinante para a eficácia do seu tratamento.

O termo alopécia (do grego alópekia, “calvície”) perda de cabelo no couro cabeludo, pode ser classificado em dois grandes grupos: as alopécias não cicatriciais e as alopécias cicatriciais.

ALOPÉCIAS NÃO CICATRICIAIS:
São as quedas de cabelo que mantém os folículos íntegros, ou seja, apesar da queda, os folículos ainda apresentam a capacidade de voltar a produzir um novo fio de cabelo com o tratamento adequado.

ALOPÉCIAS CICATRICIAIS:
São doenças que acometem o couro cabeludo e destróem os folículos pilosos, fazendo com que eles percam a capacidade de produzirem novos fios.

O tratamento dependerá do diagnóstico correto sobre a causa. Nos próximos posts falaremos um pouco mais sobre os tipos mais comuns de queda de cabelo.

Em caso de dúvidas e/ou marcação de consultas, ligue para: (48) 3333-1907